avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Gavião da Europa
Accipiter nisus
Esta pequena ave de rapina vive em zonas florestadas densas onde procura as suas presas na densa
folhagem, voando habilmente por entre esta. Por este motivo, muitas observações de gavião duram apenas
alguns instantes, até a ave desaparecer novamente na mata.
Identificação
Bastante semelhante ao açor, o gavião tem menores dimensões, sendo uma das mais pequenas aves de
rapina diurnas da nossa avifauna. O macho exibe uma tonalidade rosa no peito e abdómen, que está
ausente no
açor. O macho e a fêmea, tal como no açor, exibem notórias diferenças de dimensão, sendo a
fêmea significativamente maior. A cauda proporcionalmente mais comprida que o seu congénere permite
também separar as duas espécies. Em comum possuem as barras horizontais das partes inferiores,
barras na cauda e uma tonalidade cinzento-prateada no dorso, bico curto e robusto e patas longas.
Onde observar

Devido à sua distribuição, os locais mais favoráveis à observação do gavião encontram-se na
metade norte do país.

Entre Douro e Minhoobserva-se na serra da Peneda.

Trás-os-Montesa serra do Gerês é um dos locais onde é espécie pode ser vista com
mais frequência. Outros locais onde é conhecida a sua ocorrência incluem as serras do
Alvão e do Larouco e a zona de Miranda do Douro.

Litoral centro –  no litoral centro a espécie pode ser vista com relativa facilidade, por
exemplo no Pinhal de Mira assim como nas serras de Aire e Candeeiros. Ocorre
igualmente junto ao paul da Madriz e na zona de Estarreja-Salreu.

Beira interior distribui-se de forma esparsa pela região, podendo ser visto na zona do
Sabugal.

Lisboa e Vale do Tejopouco abundante na região, pode ser visto com regularidade na
serra de Montejunto, na serra de Sintra e na zona de Tomar.

Alentejo pouco frequente no Alentejo, onde ocorre geralmente em densidades baixas, o
gavião pode ser visto com maior probabilidade no norte alentejano, nomeadamente na
zona de Castelo de Vide e na serra de São Mamede. Também é avistado com alguma
frequência na zona de Barrancos.

Algarve durante a época reprodutora o melhor local é a serra do Caldeirão. Durante os
meses de Setembro e Outubro o gavião é visto com frequência na região de Sagres e
cabo de São Vicente.
Abundância e calendário
Espécie pouco abundante, o gavião é principalmente residente,
podendo contudo ver os seus números aumentados durante o
Outono e Inverno com a chegada de aves invernantes vindas do
norte da Europa. Como nidificante, distribui-se sobretudo pelo norte
do país, acompanhando as zonas florestadas. A sul do Tejo tem
uma distribuição mais esparsa.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites