avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Perdiz-comum
Alectoris rufa
Nao é raro sermos surpreendidos por um bando de perdizes a atravessar a estrada. Esta espécie, muito
cobiçada por caçadores, e frequentemente objecto de programas de gestão cinegética.
Identificação
Com o seu aspecto de galináceo, a perdiz é praticamente inconfundível. A plumagem é composta por tons
de cinzento, preto, branco e ruivo. Destacam-se a garganta branca orlada de negro, o ventre ruivo, o bico
vermelho e as patas vermelhas. Os juvenis sao acastanhados.

Abundância e calendário
Relativamente comum em todo o país, embora sendo escassa nalgumas zonas do litoral. Ocorre sobretudo
em zonas abertas ou esparsamente arborizadas, evitando as zonas densamente urbanizadas. É uma
especie residente, que pode ser observada em Portugal durante todo o ano.
Onde observar

A perdiz observa-se um pouco por todo o lado, muitas vezes ao longo das estradas.

Trás-os-Montesas serras da Coroa e de Montesinho e a zona de Miranda do Douro são
alguns dos locais onde se pode ver esta espécie.

Beira interior a serra da Estrela, a serra da Gardunha, o Tejo Internacional e a albufeira
da Toulica são zonas habitualmente frequentadas pelas perdizes.

Lisboa e vale do Tejofrequente no cabo Espichel e na zona de Pancas (no estuário do
Tejo). Observa-se igualmente no alto da serra de Montejunto.

Alentejo comum e bem distribuída; na parte norte da região, pode ser vista com
facilidade nas zonas de Alpalhão, na barragem da Póvoa e na serra de São Mamede; por
vezes também se observa em Marvão.; no Baixo Alentejo é particularmente comum nas
zonas de Castro Verde e Mértola.

Algarveobserva-se em Vilamoura, na lagoa do Garrão e na ria de Alvor, entre outros
locais.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites