avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Borrelho-ruivo
Charadrius morinellus
Identificação
Em Portugal, o borrelho-ruivo é mais regularmente observado nas plumagens de Inverno e de juvenil.
Nestes casos, é visível a distintiva marca branca no peito em forma de meia-lua. Esta marca também é
bastante visível na plumagem de Verão dos adultos. Estes apresentam uma cor arruivada abaixo desta
mesma marca, que contrasta com a cor cinzenta da garganta e do dorso. Nos juvenis e no Inverno, este
borrelho perde esta cor ruiva, que é substituída por tonalidades mais amareladas. Em todas as plumagens
apresenta uma lista muito pálida por cima do olho, que se prolonga até à nuca.
Abundância e calendário
O borrelho-ruivo é um migrador de passagem, ocorrendo sobretudo em Setembro e Outubro. Quase
exclusivamente observado na metade sul do território, é ainda assim bastante raro enquanto visitante.
Onde observar

Dada a escassez deste borrelho, apenas é possível indicar uma ocorrência regular em alguns
poucos locais.

Lisboa e Vale do Tejo observado com alguma regularidade no cabo Espichel e nas
lezírias da Ponta da Erva, embora não seja detectado todos os anos.

Alentejomuito raro na região, existem alguns registos nas planícies de Castro Verde e
de Mourão.

Algarve no território português, o melhor local para observar o borrelho-ruivo é no Vale
Santo, junto ao cabo de Sao Vicente, onde por vezes ocorrem pequenos bandos durante a
migraçao outonal.
Trata-se de um borrelho de cores mais garridas que os seus parentes, sendo o mais raro das quatro
espécies deste género que ocorrem regularmente no nosso território.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites