avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Peneireiro-das-torres
ou Peneireiro-de-dorso-liso
Falco naumanni
Este pequeno falcão, que esteve à beira da extinção em Portugal, é hoje um ícone das planícies do Baixo
Alentejo. Pode ser visto a peneirar, enquanto procura os insectos de que se alimenta.
Identificação
O peneireiro-das-torres é muito parecido com o peneireiro-vulgar. Distingue-se desta espécie pela ausência
de pintas pretas na parte superior das asas, pelas coberturas azuladas, pelas rectrizes centrais mais
alongadas e pelas unhas brancas. A sua vocalização, um
tchak-tchak-tchak trissilábico, é bastante diferente
da do
peneireiro-vulgar.

Abundância e calendário
Embora seja bastante raro a nível nacional, este pequeno falcão é localmente comum, chegando a formar
colónias com algumas dezenas de casais. Nidifica em edifícios arruinados e alimenta-se nos campos
agrícolas.
O peneireiro-das-torres é um migrador precoce, que chega geralmente em Fevereiro e parte em Julho ou
Agosto.
Onde observar

O Baixo Alentejo é a melhor zona para procurar o peneireiro-das-torres.

Lisboa e Vale do Tejo raro na região; por vezes já tem sido observado em números
muito reduzidos na zona do cabo Espichel.

Alentejopode ser visto com relativa facilidade nas zonas de Mértola, Castro Verde e
junto à barragem do Monte da Rocha. No resto da região é consideravelmente mais raro.
Por vezes observa-se na zona de Elvas, devendo neste caso tratar-se de aves vindas de
Espanha.

Algarveraro; durante os períodos de passagem migratória já tem sido observado,
esporadicamente, na zona do cabo de São Vicente.
Sabe quando chegam os primeiros
peneireiros-das-torres?
Veja as datas
aqui
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites