avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Galeirão-de-crista
Fulica cristata
As observações deste galeirão encontram-se actualmente sujeitas a homologação
pelo
Comité Português de Raridades.

Até final de 2009 foram homologadas 22 observações deste galeirão
  • 1995, 11-Set, Lagoa de Mira, adulto, J Petronilho, C Dias (Pardela 10)
  • 1996, 9-Set, Quinta do Lago, N Grade, S Martins, L Fidalgo (Pardela 8)
  • 2000, 6-Set, Lagoa de Mira, J Petronilho (Anuário 1)
  • 2001, 20-Jan, lagoa de Santo André, 2, CC Moore (Anuário 1)
  • 2002, 9-Mai a 11-Mai, lagoa dos Salgados, N Fonseca (Anuário 2)
  • 2003, 31-Jan, Herd. Esporão, Reguengos de Monsaraz, com colar branco, L Gordinho (Anuário 3)
  • 2003, 10-Fev, estuário do Sado, com colar metálico, AG Pereira (Anuário 3)
  • 2003, 16-Jul, Barrinha de Mira, adulto, J Petronilho (Anuário 3)
  • 2003, 10-Set a 22-Out, Barrinha de Mira, 2 (1 com colar branco), J Petronilho e outros (Anuário 3)
  • 2003, 11-Out, lagoa de Santo André, CC Moore (Anuário 3)
  • 2004, 5-Nov, lagoa de Santo André, CC Moore (Anuário 4)
  • 2005, 9-Jan, lagoa de Santo André, CC Moore (Anuário 5)
  • 2005, 19-Jan, sapal de Castro Marim, adulto, C Key (Anuário 5)
  • 2005, 6-Jul, Amareleja, adulto com colar, P Kuhno (Anuário 5)
  • 2005, 4-Nov, lagoa de Santo André, CC Moore (Anuário 5)
  • 2006, 6-Jan, lagoa de Santo André, CC Moore (Anuário 6)
  • 2006, 3-Mar a 19-Abr, sapal de Castro Marim, CC Moore e outros (Anuário 6)
  • 2006, 4-Nov, lagoa de Santo André, 2, CC Moore (Anuário 6)
  • 2007, 1-Jul a 16-Out, perto de Castro Marim, adulto, P Dedicoat e outros (Anuário 6)
  • 2007, 13-Out, lagoa de Santo André, 3 inds., CC Moore (Anuário 7)
  • 2008-09, 14-Jul a 22-Mai, Quinta do Lago, adulto (com colar branco), M. Mendes e outros (Anuário 7)
  • 2008, 17-Ago, lezírias da Ponta da Erva, adulto, 17 de Agosto (A. Gonçalves).

Conhecem-se tambem duas observações anteriores a 1995, quando os registos desta espécie não
requeriam homologação pelo extinto Comité Ibérico de Raridades:
Identificação
Do mesmo tamanho que o galeirão-comum, distingue-
se desta espécie pela “crista” vermelha, que nem
sempre é facilmente visível. Outras aspectos que
permitem distinguir o galeirão-de-crista são o bico, que
pode ter uma tonalidade azulada (especialmente na
extremidade), e as penas pretas junto à base do bico,
que são mais curtas.
Galeirão-de-crista (atrás),
na companhia de um
galeirão-comum
Galeirão-de-crista com colar-branco, colocado no âmbito dos programas de reintrodução realizados no sul de Espanha
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites