avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Picanço-de-dorso-ruivo
Lanius collurio
Apesar da sua distribuição restrita, o picanço-de-dorso-ruivo pode ser surpreendentemente fácil de
encontrar se forem visitados os locais certos. Para isso contribui a sua relativa abundância nas zonas onde
ocorre e também o facto de, à semelhança dos outros membros da sua família, gostar de pousar em locais
bem visíveis.
Identificação
O macho adulto identifica-se facilmente pela cabeça cinzenta com a máscara preta e pelo dorso ruivo. A fêmea é semelhante, mas
com cores menos intensas. O juvenil pode ser confundido com o de um picanço-barreteiro, distinguindo-se desta espécie pelos tons
mais avermelhados e pela ausência de orlas brancas nas coberturas das asas e nas primárias.
pelas terras altas do norte do país,
mas apesar da sua reduzida área de
distribuição pode ser localmente
comum. Dado que a sua migração
se efectua para leste, só muito
raramente é observado no centro e
no sul do território.
Onde observar

Para poder observar este picanço, é necessário visitar as serras do
extremo norte do território.

Entre Douro e Minho - a espécie pode ser vista na serra da
Peneda.

Trás-os-Montes - a melhor zona para observar o picanço-de-
dorso-ruivo em Portugal, situa-se na parte oriental da serra do
Gerês e na vizinha serra do Larouco. Mais para leste esta ave
pode ser encontrada, em menor quantidade, na serra da Coroa,
na serra de Montesinho e, por vezes, na serra da Nogueira.

Beira interiorraro e irregular nesta região, tendo já sido
observado na serra de Montemuro e na serra da Estrela.
Sabe quando chegam os primeiros
picanços-de-dorso-ruivo?
Veja as datas
aqui
Para saber mais sobre o
picanço-de-dorso-ruivo,
carregue
aqui
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Abundância e calendário
O picanço-de-dorso-ruivo é um visitante estival que chega bastante tarde ao nosso país –
geralmente está presente de meados de Maio até finais de Agosto. Distribui-se unicamente