avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Gaivota-polar
Larus glaucoides
As observações desta espécie encontram-se sujeitas a homologação pelo Comité Português de Raridades.

Até final de 2009 foram homologadas 24 observações em Portugal Continental:
  • 1988, 5-Jan, Monte Estoril, Cascais, 1º Inverno, C.C. Moore (Airo 2)
  • 1994, 6-Fev, Peniche, 1º inv., C.C. Moore (Airo 7-2)
  • 1995, 19-Nov, Ponta da Atalaia, Aljezur, C. Noivo (Pardela 10)
  • 1996, 2-Fev e 16-Fev, Peniche, 1º Inverno, L. Morais e C. Santos (Pardela 8)
  • 1996, 20-Fev, Praia da Parede, Cascais, 2º Inverno, R. Tomé, R. Rebelo e H. Costa (Pardela 8)
  • 1998, 16-Jan, Martinhal, Sagres, F. Walker (Anuário 3)
  • 2003, 19-Mar, Aterro Sanitário de Palmela, Palmela, 1º inverno, R Tomé, C Pereira (Anuário 3)
  • 2003, 12-Abr, Sapal de Corroios, estuário do Tejo, 1º inverno, J. Simão e M. Estevens (Anuário 3)
  • 2005, 31-Jan, Alcácer do Sal, estuário do Sado, 1º Inverno, A. Leitão e P. Lourenço (Anuário 5)
  • 2007, 1 a 10-Abr, Afurada, Vila Nova de Gaia, 1º Inverno, I. Vila Verde e A. Silva (Anuário 6)
  • 2009, 2 e 29-Jan, Sagres, 1º Inverno, R. Tipper e outros (Anuário 7)
  • 2009, 4-Jan, Vila Real de Santo António, 1º Inverno, L. Steijn (Anuário 7)
  • 2009, 12 e 30-Jan, Peniche, 1º Inverno, P. Ramalho (Anuário 7)
  • 2009, 28-Jan, Peniche, adulto, P. Ramalho (Anuário 7)
  • 2009, 31-Jan, cabo Raso, 1º Inverno, 31 de Janeiro, P. Ramalho (Anuário 7)
  • 2009, 1-Fev, foz do Lizandro, ad. da subespécie L. g. kumlieni, A. Gonçalves (Anuário 7).
  • 2009, 1 e 14-Fev, Sagres, 2 inds. de 1º Inverno, J. Broadbent e N. Fonseca (Anuário 7)
  • 2009, 2 e 9-Fev, Peniche, 1º Inv. da subespécie L. g. kumlieni, P. Ramalho e L. Gordinho (Anuário 7)
  • 2009, 4-Fev, praia V. Gama (Sines), 1º Inv. + ad. L. g. kumlieni, D. Lamacraft e S. Ashworth (Anuário 7)
  • 2009, 28-Fev, Monte Novo de Palma (estuário do Sado), 1º Inverno, A. Gonçalves (Anuário 7).
  • 2009, 22-Mar, Peniche, 1º Inverno, L. Gordinho (Anuário 7)
  • 2009, 29-Mar, cabo Raso, 1º Inverno, A. Gonçalves (Anuário 7)
  • 2009, 27-Abr, Lisboa, 2º calendário, D. Saunders (Anuário 7).
  • 2009, 4-Mai, Peniche, 2º calendário, P. Ramalho (Anuário 7)

É interessante assinalar que no Inverno de 1995-96 houve três observações desta espécie, coincidindo com
um pico nas observações de
gaivota-hiperbórea. Em Janeiro de 2009 houve uma invasão, tendo a espécie
sido observada em quantidades anormalmente elevadas. Note-se também que dois terços das
observações conhecidas ocorreram nos meses de Janeiro e Fevereiro.
Identificação
Do tamanho de uma gaivota-d'asa-escura, a gaivota-polar
distingue-se pela brancura da sua plumagem. Em Portugal
têm sido  observados principalmente imaturos com menos
de um ano de idade (1º Inverno), cuja plumagem é bege.
Pode confundir-se com a gaivota-hiperbórea, distinguindo-se desta espécie pela projecção das primárias,
que se estendem claramente para além da cauda.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites