avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Gaivotão-real
Larus marinus
Esta é a maior gaivota do mundo e pode ser encontrada com regularidade em Portugal.
Onde observar

Esta espécie ocorre em pequenas zonas estuarinas e portos de pesca, assim como em praias
onde encontra refúgio durante os períodos de temporal.

Entre Douro e Minho os melhores pontos de observação nesta região localizam-se no
estuário do Minho e no estuário do Douro, onde tem sido observada por diversas vezes.

Litoral centro os melhores locais para detecção do gaivotão-real são o porto de Peniche
e a lagoa de Óbidos. A espécie também já foi observada no estuário do Mondego.

Lisboa e vale do Tejoesta espécie pode ser vista com regularidade nas praias da costa
do Estoril. Existem também registos na lagoa de Albufeira.

Alentejo rara nesta região, já foi registada em locais como o estuário do Sado, o porto
de Sines e o estuário do Mira.
Identificação
É uma gaivota de grande porte, sendo geralmente o
tamanho que a distingue das outras gaivotas, com as
quais se mistura frequentemente. Os adultos
identificam-se pelo bico maciço e amarelado, pelo manto
escuro e pelas patas rosadas. Os juvenis e imaturos são
mais difíceis de distinguir das restantes grandes gaivotas
(
gaivota-argêntea e gaivota-d'asa-escura), possuindo o
manto mais marcado (branco com marcas escuras) e o
bico mais maciço, para além do seu maior tamanho.

Abundância e calendário
Invernante raro, o gaivotão-real é uma espécie costeira que
se encontra sobretudo na metade norte do litoral
português, sendo menos frequente na metade sul.
Ocorre sobretudo isoladamente ou em pares, sendo raros os bandos de mais de três aves. O melhor
período para a sua observação é entre Novembro e Fevereiro.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites