avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Pato-de-bico-vermelho
Netta rufina
Identificação
Os machos são inconfundíveis, possuindo uma cabeça em tons dourados e alaranjados, e um bico
vermelho, bastante contrastante com o peito preto. Os Flancos claros, e a cauda escura compõem as
restantes características distintivas. Já as fêmeas e os jovens possuem como marcas mais distintivas as
bochechas claras e uma coroa castanho escura, sendo o dorso mais escurecido contrastante relativamente
aos flancos claros.

Abundância e calendário
Espécie pouco comum, sendo a sua distribuição bastante localizada. Relativamente à abundância, esta é
uma espécie rara, podendo ser encontrada durante todo o ano. Os números variam pouco entre o período
estival e o Inverno.
Onde observar

Este pato pode ser encontrado em lagoas e albufeiras, sobretudo aquelas que possuem bom
desenvolvimento de vegetação nas margens.

Lisboa e Vale do Tejo pode ser encontrado em alguns tanques abandonados de
salinas no estuário do Tejo, com destaque para as salinas de Alverca.

Alentejoa lagoa de Santo André, onde regularmente se observam centenas destes
patos, é o principal local de ocorrência no país; a espécie também se observa nalgumas
albufeiras e lagoas do Baixo Alentejo, nomeadamente nas regiões de Castro Verde, Cuba
e Herdade do Esporão, bem como na Albufeira do Caia. Recentemente a espécie foi vista
na albufeira de Alqueva.

Algarvea Quinta do Lago é um dos melhores locais do país para encontrar a espécie,
que por vezes também aparece na lagoa dos Salgados.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Com a sua coroa dourada e o bico vermelho, o macho desta espécie faz deste um dos patos mais
chamativos que podemos encontrar nas nossas lagoas.