avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Gralha-de-bico-vermelho
Pyrrhocorax pyrrhocorax
Identificação
Os adultos desta gralha são inconfundíveis, com o seu corpo preto, e patas e bico vermelhos, sendo este
comprido e fino, e encurvado. Os imaturos têm o bico amarelado. Geralmente gregárias, as
gralhas-de-bico-vermelho são bastante vocais, emitindo um som metálico bastante característico e fácil de
identificar.
Abundância e calendário
A gralha-de-bico-vermelho é rara e localizada, estando presente em algumas zonas de falésias costeiras,
em zonas montanhosas rochosas e vales fluviais escarpados. Sendo uma espécie essencialmente
residente, pode ser encontrada durante todo o ano nos locais onde ocorre. É uma espécie bastante fiel aos
locais de cria, sendo raramente observada fora da área normal de distribuição.
Onde observar

As áreas tradicionais de ocorrência são mais numerosas a norte que a sul.

Entre Douro e Minho – presente unicamente na serra da Peneda, mas em números
baixos, pelo que a sua observação pode não ser muito fácil.

Trás-os-Montes – pode ser encontrada nos vales do Douro Internacional, nomeadamente
junto a Miranda do Douro e na barragem do Picote. Também ocorre na serra do Alvão e na
parte oriental da serra do Gerês.

Litoral centro – distribui-se pelas serras de Aire e Candeeiros.

Beira Interior – irregular nesta região, ocorre esporadicamente na serra da Estrela, onde
deverá ter nidificado no passado

Lisboa e Vale do Tejo não ocorre habitualmente nesta zona, mas por vezes observa-se
na serra de Montejunto.

Algarveo cabo de Sao Vicente é talvez o melhor local de observação desta espécie em
Portugal, pela facilidade de detecção. Ocorre também em Sagres.
São já escassos os bandos desta peculiar ave de plumagem negra, e bico e patas tingidas de vermelho.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites