avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Estuário do Cávado
O rio Cávado desagua junto a Esposende e forma aqui uma pequeno
estuário, que constitui um dos locais mais interessantes para observar
aves aquáticas no litoral norte.
Visita:
O melhor acesso à zona é pela
marginal de Esposende, que permite observar de perto a margem norte do
estuário. As ilhas e bancos de areia existentes no centro do estuário reúnem geralmente grande número de
gaivotas e de
corvos-marinhos-de-faces-brancas. A “doca” é um ponto de concentração de aves aquáticas,
onde geralmente podem ser vistos o
pilrito-comum, o fuselo e o maçarico-de-bico-direito, entre outras
espécies.
Mais adiante, a partir da
foz do rio Cávado (onde existe um parque de estacionamento) permite fazer
observação de aves marinhas. Já aqui foi observada a
mobelha-pequena. Os rochedos envolventes são
frequentados pela
rola-do-mar.
A
Ponte de Fão, situada a cerca de 3 km da foz, permite cruzar o rio para a margem sul. Uma paragem nesta
zona para perscrutar os campos envolventes permite geralmente observar
pega-rabuda, estorninho-preto e
estorninho-malhado.
Na margem sul, a zona de
Ofir é rodeada por pinhais frequentados por chapim-de-poupa e chapim-
carvoeiro. A partir da margem sul também se obtêm vistas sobre o estuário e geralmente é possível
observar aqui diversas espécies de patos e limícolas. O
mergulhão-de-pescoço-preto inverna regularmente
no estuário e por vezes é observado nesta área.

Melhor época: Setembro a Abril

Distrito: Braga
Concelho: Esposende
Onde fica: cerca de 30 km a norte do Porto.

Aqui perto: estuário do Lima, estuário do Minho, Parque da Cidade
Durante a maré baixa, a "doca" é um dos melhores locais de observação de limícolas no estuário do Cávado
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites