avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Quinta do Lago
Alguns quilómetros a oeste de Faro, a Quinta do Lago constitui um
destino de luxo dentro do Algarve. Este local é também um destino de
luxo para os observadores de aves, não só pela diversidade de
espécies que aqui ocorre, mas acima de tudo pela facilidade de
observação, devido à grande “confiança” dada pelas aves neste local.
Entre a lagoa e o cordão dunar fica o chamado trilho da ria, que atravessa uma zona de sapal e antigas
salinas. Este trilho, muito procurado por caminhantes, é ideal para observar limícolas, como o
pernilongo, a
perna-vermelha-comum, o maçarico-de-bico-direito e o borrelho-de-coleira-interrompida. Também aqui
ocorrem alguns passeriformes, como a
alvéola-amarela e a cotovia-de-poupa. Este trilho continua para leste
e termina na zona do Ludo, mas deve ser evitado às horas de maior calor, uma vez que não dispõe de
qualquer espécie de sombra.
Os tanques existentes junto ao trilho da ria são um bom local de observação de limícolas
A lagoa de São Lourenço é um excelente local de observação de patos e outras aves aquáticas
Links externos

Quinta do Lago
Visita:
A Quinta do Lago é composta principalmente por vivendas e moradias, algumas de grande dimensão. Toda
a zona é fortemente arborizada e aqui ocorrem algumas aves interessantes. Merece destaque a
tordoveia,
espécie que geralmente se mostra pouco e que aqui pousa por vezes nos relvados junto aos arruamentos.
Os pinhais envolventes sao frequentados pela
trepadeira-comum. Outras espécies que frequentam as
zonas ajardinadas incluem a
rola-turca, o melro-preto e a pega-azul.

A
lagoa de São Lourenço é o principal local de observação na Quinta do Lago. Para lá chegar, deve
percorrer-se a avenida André Jordan até à rotunda número 6 e seguindo depois pela Rua Paiva e à direita
pela Rua Douro, podendo então estacionar-se e prosseguir a pé. Nesta lagoa existe um abrigo de madeira,
com dois pisos, que oferece uma boa perspectiva sobre o plano de água. Aqui é possível observar diversas
espécies de aves aquáticas, muitas vezes a pequena distância. Destacam-se o
zarro-comum, o
zarro-negrinha e o pato-de-bico-vermelho, três espécies que actualmente são bastante difíceis de encontrar
em Portugal. Para além destes, ocorrem geralmente diversas outras espécies de patos, incluindo a
piadeira, a frisada e o pato-trombeteiro. Esta lagoa oferece também excelentes oportunidades de
observação de
garçote (que aqui pode ser visto durante todo o ano), caimão-comum, galeirão-comum,
mergulhão-de-crista, mergulhão-pequeno e, mais raramente, íbis-preta. Outras aves aquáticas que aqui
ocorrem com alguma regularidade incluem a
narceja-comum, o guarda-rios e a alvéola-cinzenta.
O abrigo de madeira junto à lagoa de São Lourenço é um local excelente para observar patos e outras aves aquáticas.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Melhor época: todo o ano

Distrito: Faro
Concelho: Loulé
Onde fica: no Algarve central, cerca de 10 km a sul de Loulé; para quem venha pela N125, deve virar em
Almancil (10 km a oeste de Faro), seguindo as indicações para a Quinta do Lago.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos: