avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Mergulhão-pequeno
Tachybaptus ruficollis
É o menor dos nossos mergulhões e pode surpreender pela capacidade de permanecer submerso,
nadando debaixo de água a um ritmo frenético em busca de alimento.
Abundância e calendário
O mergulhão-pequeno é uma espécie essencialmente residente,
estando presente no território durante todo o ano. No entanto,
durante o Inverno concentra-se em alguns locais em maior
número, dispersando-se mais durante a Primavera e o Verão, pelo
que é mais fácil encontrar grupos de pequena/média dimensão
entre Novembro e Março. Trata-se de uma ave relativamente
comum mas pouco abundante, que mais frequente na metade sul
do território.
Onde observar

Litoral Norte - pouco abundante nesta região, pode ser observado nas Lagoas de
Bertiandos e também nas lagoas de Vila Franca (junto ao estuário do Lima).

Trás-os-Montes – localizado nas zonas baixas de alguns rios, como o Sabor, e nas águas
calmas de algumas albufeiras no Douro Internacional.

Litoral Centroé regular nos pauis do Baixo Mondego, podendo também ser observado
no paul de Tornada, nas lagoas de Quiaios e nas Dunas de S. Jacinto.

Beira interior – as melhores observações são proporcionadas pelas albufeiras de Santa
Maria de Aguiar e de Idanha. Ocorre também na albufeira de Vilar e pelos açudes junto ao
Tejo Internacional.

Lisboa e Vale do Tejoesta espécie está presente nas Marinhas da Saragoça (Ponta da
Erva), nas salinas de Alverca e da ribeira das Enguias e no paul do Boquilobo, ocorrendo
também em diversos açudes e albufeiras de menor dimensão, como a lagoa da
Salgueirinha.

Alentejo esta é a região onde o mergulhão-pequeno se encontra mais distribuído,
ocorrendo no estuário do Sado, nos açudes de São Cristóvão, na albufeira do Caia, na
lagoa de Santo André e na lagoa dos Patos. Também pode ser observado nas albufeiras
de Odivelas, Alqueva e do Esporão, bem como noutras albufeiras e açudes desta região.

Algarveos melhores locais de observaçao situam-se na parte central do Algarve,
nomeadamente na Quinta do Lago, no Ludo, na lagoa do Garrão, na lagoa das Dunas
Douradas, no Parque Ambiental de  Vilamoura e na lagoa dos Salgados. Na parte oriental
da região a espécie pode ver-se na reserva de Castro Marim
Identificação
Tem a forma padronizada de um mergulhão de pequenas dimensões, de pescoço proeminente e em forma
de S, bico curto, corpo comprido e patas com dedos grandes e palmados. O mergulhão-pequeno
assemelha-se ao
mergulhão-de-pescoço-preto, possuindo uma plumagem menos marcada e
constrastante, dominada sobretudo pelos tons de castanho. A plumagem nupcial difere da plumagem de
Inverno sobretudo na presença de uma mancha amarela conspícua junto à base do bico, pelo pescoço ruivo
e bico escuro. Durante o Inverno assemelha-se ainda mais ao seu parente
mergulhão-de-pescoço-preto,
separando-se pelo menor tamanho, pelo olho escuro e pelo pescoço e flancos ocres.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites